Como derrubar um gorila?

Se você tem mais de 30 anos, deve achar estranho o título deste post. A pergunta clássica seria: “como se faz sexo com um gorila?”, com a resposta usual “do jeito que o gorila quiser”. Pois é .... por muitos anos isso foi um dogma de negócios. Grandes corporações, devido ao seu tamanho e posicionamento, impunham sua forma de trabalhar. A regra do jogo era ditada pelos gorilas.

Ulrik Nehammer, CEO da Coca-Cola Alemanha, foi ainda mais claro recentemente: “no passado, as grandes companhias venciam as pequenas. Atualmente, as empresas ágeis vencem as lentas. Precisamos ficar cada vez mais rápidos, trabalhar em colaboração, conectividade e escalabilidade — e tudo isso em um contexto mobile”.

Inovação, agilidade, oceano azul e desejo de “derrubar gorilas” têm possibilitado que startups emerjam como enormes criadores de valor. Elas focam em resolver problemas de usuários reais, de forma eficaz e entregam uma melhor experiência.

Foi essa melhor experiência ao usuário que fez o Nubank se destacar. Ele é o cartão de crédito mais cobiçado do momento, com 3 milhões de solicitações. O modelo de negócio encanta seus clientes com um atendimento personalizado nunca visto no setor. Ou por acaso você já viu uma empresa de cartões presentear a cachorra que comeu o cartão do dono? Ou enviar um Pikachu para a cliente que pediu desbloqueio do cartão e do Pokémon Go? Foi isso que o Nubank fez.

A matriz de avaliação de valor abaixo exemplifica como o Nubank vem derrubando os gorilas do setor de cartões de crédito.

Atender de forma simples e intuitiva as demandas do dia-a-dia, com a disrupção de tradicionais setores da economia, é o novo sentido da maré. Essa tendência fica clara na afirmação do Bill Gates em 2015: “We need banking, but we don’t need banks anymore”.

Vivemos o momento de mudar conceitos enraizados. Quem diria que o WhatsApp poderia concorrer com bancos? Bem, na China há um aplicativo similar chamado WeChat, que conta com 800 milhões de usuários e possibilita pagar corridas de táxi, refeições e transferir dinheiro entre amigos. O WeChat passou, por meio do WeBank, a também oferecer contas, crédito e cartões ... tudo sem agências físicas.

Fazer com preço melhor e de forma diferente. Esse é o caso do Airbnb que confrontou os gigantes da hotelaria e se tornou a maior empresa de hospedagem, sem possuir quartos de hotel. Ou mesmo o caso do Uber que encarou uma ultrapassada legislação, além das ferozes cooperativas de taxis, para se tornar a maior empresa de transporte sem ter veículos próprios.

E a Blockbuster, que chegou a ter 70 mil funcionários distribuídos em 9 mil lojas no mundo. Você sabia que ela declinou de comprar a Netflix por US$ 50 milhões em 2000? Pois é .... hoje com 86 milhões de assinantes em mais de 190 países, a Netflix atingiu valor de mercado de US$ 50 bilhões, enquanto a Blockbuster não passa de uma memória pré-histórica. A matriz de avaliação de valor abaixo exemplifica como o Netflix derrubou outro gorila.

O fácil acesso à tecnologia, a possibilidade de empreendedores obterem recursos para realizar e acelerar crescimento, e o anseio dos usuários por inovação e facilitar a vida, criaram o ambiente perfeito para a multiplicação de startups. Porte e tradição deixaram de ser sinônimos e garantias de longevidade nos negócios.

Assim, enquanto os gorilas seguem padrões, as startups mostram velocidade de transformação e perseguem a satisfação do usuário. Por isso, quando me perguntam “como derrubar um gorila?”, a resposta me parece simples: “faça do jeito que o usuário final quer”.

Cheers.

PH Zabisky

Sócio Fundador do Engage-X (www.engage-x.com)

Um jeito inteligente e colaborativo para se manter informado em tempo real sobre empresas.

Seja um usuário beta no Engage-X e compartilhe o que mais você gostaria que a plataforma fizesse para melhorar e te ajudar no seu dia a dia.


Veja mais casos

  • juntos avançaremos polegada por polegada. vamos conversar?